Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Cooperação na Europa
Enterprise Europe Network
My Enterprise Europe Network
Destaques
Notícias
Eventos
Informação Temática
Bases de Dados
Contactos
Newsletters
English
Enterprise Europe Network > Informação Temática > Cooperação na Europa > Histórias de Sucesso  

Histórias de Sucesso

 

Histórias de Sucesso

roda.bmp

Troca de contactos e informações para novos projetos e mercados

A Tapada de Nogueira – Sociedade Agrícola Lda é uma PME fundada em Março de 2006 e que detém experiência na produção florestal (nogueiras, carvalhos, freixos, azinheiras, sobreiros, cerejeiras), cereais, amêndoas, uvas de vinho e pecuária (ovelhas).

A empresa gere uma propriedade situada no Nordeste transmontano, designada de Quinta de Nogueira, com uma área total de 320 hectares, bem como 4 hectares de vinha situados na Chamusca (Ribatejo).

A empresa tem a produção florestal com certificação FSC (Forest Stewardship Council) e esteve certificada por entidade externa, no período de 2008 a 2012, como Produtor Biológico de cereais e criação de ovinos.

Na sequência da sua estratégia para a integração de novas tecnologias na sua atividade, e após contactos tidos com o CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro, a Tapada de Nogueira qualificou a Enterprise Europe Network como seu parceiro para a pesquisa de projetos de I&D, dos quais têm resultado diversos contactos tendo recentemente integrado uma candidatura num consórcio europeu.

Testemunho:

"A competência e eficácia de resposta da Enterprise Europe Network tem sido fundamental para a pesquisa e integração em consórcios para projetos europeus. A empresa Tapada de Nogueira considera a Enterprise Europe Network um parceiro fundamental na pesquisa de projetos I&D a nível internacional."

Carlos Alcobia, Tapada de Nogueira



Troca de contactos e informações para novos projetos e mercados

A Controlar, Electrónica Industrial e Sistemas, Lda é uma PME portuguesa com mais de 20 anos na especificação e desenvolvimento de soluções de hardware e software para a indústria, com grande vocação em áreas como: desenvolvimento de eletrónica, infotainment, sistemas de comunicação, linhas de montagem, integração de sistemas, robótica, testes funcionais e de qualidade e sistemas de visão.

No seguimento do contacto estabelecido com o CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro, a Controlar passou a considerar a Enterprise Europe Network como uma importante aliada na procura de novas parcerias, tanto para projetos de I&D como de novos mercados.

A empresa tem feito diversas Expressões de Interesse em Oportunidades de Negócio e Colaborações de I&D, de onde já resultaram entradas em 2 consórcios europeus para candidaturas a projetos co-financiados pelo H2020.

Além disso tem participado em eventos internacionais organizados pela rede, como é o caso do Horizon 2020 Space Information Day, onde o networking foi de extrema importância para conhecer melhor este novo mercado de atuação para a Controlar, bem como os seus principais players nacionais e internacionais.

A Controlar tem estado em contactos com empresas de vários países integrados na rede, e espera-se que alcancem grandes resultados e negócios!

Testemunho:

"A Enterprise Europe Network tem sido uma importante aliada para a Controlar para o estabelecimento de contactos em novos mercados, bem como  na procura de parcerias para projetos I&D a nível internacional."

Carla Pereira, Controlar



A D2M e o sucesso da parceria com a EEN-PORTUGAL

 A D2M –Energy Transit, Unipessoal, Lda. é uma das empresas nacionais apontadas como caso de sucesso, em que o apoio do IAPMEI tem sido determinante para o seu crescimento, nomeadamente através da Enterprise Europe Network.

A D2M –Energy Transit, Unipessoal, Lda concebe, desenvolve e disponibiliza produtos e serviços na área da Energia que proporcionem mais eficiência, rentabilidade e segurança para os seus clientes.

Tudo começou em 2013, quando Dâmaso Silva, da D2M –Energy Transit, Unipessoal, Lda contactou pela primeira vez, o IAPMEI em Évora, com o objectivo de conhecer os serviços prestados pela Enterprise Europe Network.

A empresa começou por participar em eventos internacionais organizados pela Rede, designadamente na Mission for Grow Lisboa em 29 de Novembro de 2013.

Fruto dessa participação nesse Brokerage, conseguiu um Acordo de Parceria com uma empresa da Eslovénia, ainda hoje seu parceiro de negócio.

Em 2015 propusemos à D2M –Energy Transit, Unipessoal, Lda e, inserimos, de acordo com as suas pretensões, um perfil na Partnership Opportunities Data Base tendo sido objecto de inúmeras Expressões de Interesse por parte de diversas empresas em diversos países.

Com a intermediação da Rede a empresa já conseguiu mais três acordos de parceria em países diversos.

Com efeito em 2015 celebrou um acordo de parceria com uma empresa da Hungria e, em 2016 efectuou mais dois acordos de parceria com uma empresa espanhola e outra do Reino Unido.

Tendo continuado, até hoje, em contactos com empresas de vários países integrados na rede, e espera-se que alcancem grandes resultados e negócios!

Testemunho:

Não tenho dúvidas e já o afirmei mesmo num inquérito da EEN que esta estrutura europeia é um bom suporte para a actividade das empresas que queiram incrementar as suas relações com congéneres de outros países.

Tenho também recomendado a várias empresas e empreendedores que se inscrevam e usufruam deste importante meio de acesso a informação/contactos.

 Dâmaso Silva, D2M Energy Transit, Unipessoal, Lda.

 


A Ciclo Fapril e o sucesso da parceria com a EEN-Portugal

 A Ciclo Fapril, S.A. é uma das empresas nacionais apontadas como caso de sucesso, em que o apoio do IAPMEI tem sido determinante para o seu crescimento, nomeadamente através da Enterprise Europe Network, mais concretamente do consórcio EEN-Portugal, liderado pelo IAPMEI.

De acordo com Carlos Cunha, em representação da empresa, esta colaboração tem assumido particular relevância para o desenvolvimento da Ciclo Fapril, nomeadamente nos últimos cinco anos: «Obrigado IAPMEI por toda a colaboração durante estes últimos 5 anos, não esquecendo que contamos com o IAPMEI para o futuro. Queremos continuar a aumentar o volume de negócios da Ciclo Fapril e consideramos que a Enterprise Europe Network, representada em Portugal pelo consórcio EEN-Portugal, é da maior relevância.».

A convite do IAPMEI, enquanto parceiro da EEN-Portugal, a Ciclo Fapril, partilhou a sua história de sucesso, no âmbito dos serviços prestados pela Enterprise Europe Network, durante a reunião nacional 2015 da EEN-Portugal, perante vários representantes da Comissão Europeia, da Executive Agency for Small and Medium-siized Enterprises (EASME), e altos dirigentes dos parceiros da EEN-PORTUGAL.

Em 2011, o IAPMEI inseriu na base de dados da Comissão Europeia para cooperação internacional, um perfil para cooperação apresentado pela Ciclo Fapril, tendo este sido objeto de várias manifestações de interesse por parte de empresas estrangeiras.

Em 2012 e por sugestão do IAPMEI, a Ciclo Fapril foi visitada no âmbito de uma missão de empresa belga a Portugal.

Mantendo uma interacção regular com o IAPMEI no âmbito dos serviços da Network, em 2014, na sequência da subscrição da Newsletter de Oportunidades de Negócio da Enterprise Europe Network em Portugal, a Ciclo Fapril, manifestou interesse num perfil para cooperação de uma empresa do Reino Unido, interesse esse que culminou num acordo de parceria.

Distinguida pelo IAPMEI como PME Líder por diversas vezes, a Ciclo Fapril, S.A. é uma empresa com mais de 40 anos de experiência, certificada e internacionalizada, que se dedica ao fabrico de componentes soldados metálicos, baseados em estampagem/quinagem de chapa, corte e dobragem de tubo e arame e tornearia/mecanização.



  Participação em projectos no âmbito do Horizonte 2020

O Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG) é uma instituição de I&D orientada para responder às necessidades das empresas. Apostando numa investigação sustentável desenvolve a sua actividade participando numa larga gama de projectos internacionais nas áreas da energia e geologia.

O LNEG foi convidado pelo IAPMEI, parceiro Português da Enterprise Europe Network, a participar numa sessão de formação “Horizonte 2020 – Preparação de propostas em colaboração” (Julho 2014),  co-organizada em colaboração com o GPPQ - Gabinete de Promoção do Programa Quadro. Tendo como principal objectivo a promoção da participação nacional das entidades naquele programa, esta sessão focou no Programa Horizonte 2020, nas explicações relativas aos concursos, na escrita das propostas, bem como em dicas para aumentar o potencial de sucesso das candidaturas aos projectos europeus.

 O apoio recebido pelo LNEG na fase de preparação das propostas, incluindo a clarificação de questões e outra informação de interesse, nomeadamente aspectos chave associados ao processo de preparação e submissão de propostas ganhadoras, foi útil durante o processo de submissão das propostas e resultou em algumas propostas ganhadoras para a entidade (coordenação do  “Corkis” - Eco-Innovative Solutions to foster Industrial Symbiosis within the cork value chain using Industrial Wastes towards Energy and Valuable Resources, submetido ao Horizonte 2020 – Topic: Moving towars a circular economy through industrial symbiosis – WASTE- 1-2014; participação em propostas H2020 coordenadas por outras instituições, nomeadamente a proposta “FOODSENSE” ao WASTE-2-2014).

Testemunho: 

“A participação na acção de formação foi muito útil quer em termos de elaboração de propostas para submissão ao Horizonte 2020, quer como avaliador. Aspectos fundamentais a serem considerados na proposta e abordados nesta acção de formação, bem como aspectos técnicos e considerações sobre os orçamentos, ajudaram-me a perceber melhor os requisitos do programa.”

Isabel Cabrita, LNEG



 Troca de contactos e informação entre mercados

Sensing Future Technologies é uma empresa Portuguesa localizada na Região Centro de Portugal. A empresa concebe, desenvolve e implementa dispositivos médicos tecnológicos para terapia e reabilitação física numa sinergia única entre Engenharia e Saúde, criada por profissionais com grande experiência.

Carlos Alcobia, Luís Ferreira e Pedro Mendes, contactaram o CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro, com o objetivo de conhecer os serviços prestados pela Enterprise Europe Network.

A empresa começou por participar em eventos internacionais organizados pela rede, como o Brokerage Event Medica, tem expressado inúmeras Expressões de Interesse em Oportunidades de Negócio com potencial para a empresa, e criou também um Perfil de Cooperação Internacional. A empresa integrou também já um consórcio liderado por uma empresa de Cambridge, num projeto de investigação submetido no 7º Programa-Quadro, e integrou um outro consórcio com centro de investigação e desenvolvimento de Barcelona, onde irão submeter o projeto no âmbito do Horizon 2020.

A Sensing Future Technologies tem estado em contactos com empresas de vários países integrados na rede, e espera-se que alcancem grandes resultados e negócios!

Testemunho:

“Através da Enterprise Europe Network, a Sensing Future Technologies tem participado em vários eventos de cooperação, recebendo vários contactos importantes para a prospeção de novos negócios.”

 Pedro Mendes, Sensing Future Technologies



Acordo comercial entre empresa portuguesa e empresa russa

A Enging – Make Solutions, Lda é uma empresa Portuguesa de engenharia especializada em desenvolver soluções industriais, localizada na Região Centro de Portugal, que desenvolveu um sistema de monitorização de motores e transformadores.

A pessoa de contacto da Enging – Make Solutions, Lda, Marco Ferreira, entrou em contacto com o CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro com o intuito de encontrar potenciais parceiros intermediários para distribuição no exterior do sistema desenvolvido pela empresa.

O perfil de cooperação da Enging – Make Solutions, Lda foi criado na Base de Dados Internacional da Rede Enterprise Europe Network e disseminado para os congéneres da rede de mercados de específico interesse para a empresa Portuguesa, nomeadamente o mercado Russo. A empresa Russa, PMK Sibiri’’ LLC, expressou o seu interesse no perfil da empresa Portuguesa enviando os contactos a partir da rede, tendo sido posteriormente contactada diretamente pela Enging – Make Solutions, Lda.

A oferta de uma nova solução tecnológica avançada por parte da empresa Russa permitiu a concretização deste acordo que visa promover a tecnologia da Enging – Make Solutions, Lda no mercado Russo, contribuindo assim para a sua internacionalização e para o acesso a este novo mercado de grande potencial para a empresa Portuguesa.

Testemunho:

“Decidimos entrar em contacto com o CEC/CCIC EEN e a rede Enterprise Europe Network para nos ajudar a encontrar parceiros de forma a aumentar a possibilidade de expandir os nossos negócios no mercado internacional. A Enterprise Europe Network é uma mais-valia para a nossa PME, tendo resultado em novos contactos e novas ideias para o nosso desenvolvimento profissional. Com a ajuda de bons profissionais, que nos acompanham durante todo o processo, podemos encontrar o parceiro certo para o nosso negócio. O trabalho do CEC/CCIC EEN foi excelente, não só pela rapidez na troca de contactos bem sucedidos, mas também pela qualidade no processo de seleção, que permitiu uma boa parceria com o nosso atual parceiro russo, por isso estamos muito contentes e satisfeitos.”

Marco Ferreira, Gestor de Desenvolvimento e Inovação de Negócios, Enging – Make Solutions, Lda – 2014

 


Acordo Comercial entre empresa portuguesa e empresa sueca

LC&A – International Business Enablers é uma empresa Portuguesa localizada na Região Centro de Portugal. A empresa atua como uma extensão das áreas de negócio e de exportação para as PME e universidades, especializada em mediação internacional B2B e, particularmente, no sector das TIC.

António Leandro, pessoa de contacto da LC&A, contactou o CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro, com o objetivo de conhecer os serviços prestados pela Enterprise Europe Network.

Depois da primeira visita, António Leandro tornou-se uma pessoa muito ativa na procura de Oportunidades de Negócio que fossem de encontro às suas expetativas. Procedeu à elaboração de uma Expressão de Interesse numa Oportunidade de Negócio de empresa Sueca. Após troca dos contactos de ambas as empresas, LC&A contactou diretamente a empresa Sueca.

A empresa Sueca procurava uma empresa no sector das TIC para ser subcontratado para desenvolvimento de alguns dos seus serviços relacionados com bases de dados, nomeadamente em PHP, MYSQL e JAVASCRIPT.

LC&A entendeu as necessidades procuradas pela empresa Sueca, identificando na sua carteira de clientes um perfeito “match”. A empresa da Suécia estabeleceu uma parceria com a LC&A, com o objetivo de apoiar e ajudar na mediação dos seus negócios, procurando parceiros em Portugal que satisfaçam as necessidades da empresa Sueca.

Testemunho:

“A LC&A – International Business Enablers tem no seu modelo de negócio a parceria formal com empresas de outros países que dominem uma das partes da cadeia de valor de um processo de negócio. Isto é, ou que conheçam potenciais fornecedores (conhecimento da oferta) ou que conheçam potenciais clientes (conhecimento da procura) de produtos e serviços de qualidade e inovação inquestionável, sendo que a LC&A (e empresas Associadas) faz mediação internacional. Neste sentido, o recurso à EEN revelou-se de uma notável eficácia, não só para encontrar parceiros de qualidade e de reputação no espaço da EU, como ainda para apoiar todo o processo de elaboração de documentação necessária para a divulgação efectuada através de um formulário e processo específicos. Foi-nos ainda dado apoio na redacção em inglês do pedido submetido. Assim, a avaliação que fazemos do processo feito aumentou significativamente as nossas capacidades internacionais e sentimos que a EEN se revelou um “parceiro” estratégico, eficaz e com o mínimo de burocracias para a nossa empresa, o que constituiu uma (agradável) surpresa.

 António Leandro, Partner, LC&A.”

 


Acordo Comercial entre empresário em nome individual português e empresa eslovaca

O empresário em nome individual português, Luís Mestre, entrou em contato com o parceiro CEC – Câmara de Comércio e Indústria do Centro da Enterprise Europe Network (EEN) colocando diversas questões relacionadas com programas europeus de financiamento, regulamentação da UE, como encontrar parceiros de negócios, investimentos e oportunidades de negócios, e como encontrar parceiros para transferência de tecnologia. Após a resposta às suas perguntas, a primeira reunião entre Luís Mestre e o CEC foi agendada, onde o CEC teve oportunidade de explicar o âmbito da rede EEN e serviços prestados, designadamente o serviço de procura de parceiros empresariais. Neste sentido, Luís Mestre preencheu um perfil de cooperação internacional que foi divulgado, no final de 2012, através da poderosa Base de Dados da rede internacional, presente já em 54 países. O parceiro da rede na Eslováquia Regionalne Poradenske A Informacne Centrum Presov divulgou esta oportunidade de negócio junto dos seus clientes. Na sequência desta divulgação, uma empresa eslovaca demonstrou o interesse em cooperar com o empresário Português. A 22 de fevereiro de 2013, a cooperação efetiva teve início, quando a empresa eslovaca fez uma encomenda do produto desenvolvido pelo empresário Português.

Testemunho:

“A rede Enterprise Europe Network é uma mais-valia para todas as PME´S, resulta de novos contactos e ideias para o nosso desenvolvimento profissional, com um mercado de trabalho tão competitivo como temos, há que ter alternativas para melhorar. Tendo a ajuda de bons profissionais que nos acompanham em todo o processo, que nos ajudam a encontrar o parceiro certo para o nosso negócio.”

 Luís Mestre

 


IParque- Gestão Informática de Estacionamento

A ACIN – iCloud Solutions’, empresa sediada na Ribeira Brava - Madeira, vai abrir brevemente um escritório em Boston, nos Estados Unidos.

A oportunidade adveio de uma reunião organizada pela ACIF-Câmara de Comércio e Indústria da Madeira, no âmbito da actividade da rede europeia de apoio às empresas “Enterprise Europe Network”, com a Embaixada dos Estados de Unidos da América. Estabelecidos os contactos iniciais, a empresa integrou um road show ao Texas organizado pela Embaixada, no decorrer do qual apresentou a ferramenta tecnológica “iParque” às autoridades locais.

Prevê-se que se inicie ainda este ano um projecto-piloto ao nível da gestão informática de estacionamento em Boston, com aplicação do sistema em 20 ruas da cidade.

Os benefícios da solução informática “iParque”, têm sido amplamente reconhecidos, permitindo aos agentes locais a fiscalização e emissão de multas, e aos automobilistas informação em tempo real sobre as vagas disponíveis para estacionar, assim como o pagamento do estacionamento e de eventuais multas. O sistema disponibiliza uma aplicação para iPhone ou sistema Android, que poderá ser descarregada pelos próprios condutores.

Testemunho:

“Graças à Enterprise Europe Network, tivemos acesso a informação útil sobre o potencial do mercado americano para as nossas soluções.”



4 Acordos comerciais de empresa Portuguesa em 4 Países diferentes

CSJS - Serviços de Consultoria é um cliente de EEN Portugal desde Julho de 2013. É uma empresa de Consultoria em expansão, já contando com algumas empresas parceiras no exterior, sempre com o objectivo de desenvolver o crescimento económico em conjunto. A empresa Portuguesa representa empresas que atuam nas áreas de energia renovável; construção civil; arquitectura; electricidade; etc.

Em Julho de 2013, a empresa dirigiu-se ao IAPMEI, solicitando apoio para encontrar parceiros de negócio.

Apresentámos os serviços da Rede e aconselhamos a empresa a registar-se no portal nacional e a subscrever a nossa Newsletter de oportunidades de negócios, onde divulgamos semanalmente, as oportunidades de negócios estrangeiros expurgadas da Partnership Opportunities Database com interesse para Portugal.

Recebemos várias expressões de interesse da CSJS às quais fomos dando o seguimento devido.

Assim, aconselhada pela Rede Enterprise Europe Network a CSJS, encontra vários parceiros em diferentes mercados, Eslovénia, Israel, Croácia e Espanha, em pouco mais de um ano e meio. Tendo conseguido acordos de parceria com quatro empresas em quatro países diferentes, tendo assinado 4 acordos de cooperação.

Testemunho:

Os serviços prestados permitiram à empresa conquistar novos mercados. Hoje podemos dizer que a nossa empresa não seria a mesmo sem o apoio da Rede. Vimos os nossos contactos, parceiros e negócios crescer exponencialmente aumentado a nossa rede de negócios para os países que até agora eram impossíveis de alcançar por várias razões. Em resumo, podemos dizer que a nossa taxa de sucesso aumentou com o apoio EEN. Estamos muito gratos pelo apoio que nos foi prestado.”



Acordo de cooperação com a Holanda

A empresa Portuguesa Amendouro, Comércio e Indústria de Frutos secos, SA reuniu com a empresa holandesa Rhumveld Winter & Konijn durante o Matchmaking Event: ANUGA 2013 em Colónia, Alemanha, co co-organizado pelo IAPMEI. Deste encontro surgiu um acordo de cooperação comercial. Graças a este acordo, a empresa portuguesa teve acesso a um novo mercado, bem como lhe possibilitou o arranque para um novo sector de atividade: produtos orgânicos.

Testemunhos:


“Graças à Enterprise Europe Network, a nossa empresa iniciou uma parceria comercial num país novo: a Holanda, a qual embora ainda recente, é uma parceria promissora, que se pretende preservar e fortalecer.”


Joana Araújo, Amendouro, Comércio e Indústria de Frutos secos, SA


“É a primeira vez que a nossa empresa encomendou frutos secos de Portugal. A cooperação ainda está numa fase inicial, mas estamos satisfeitos com os desenvolvimentos até agora”


Paul van Schijndel, Rhumveld Winter & Konijn

 


Acordo de cooperação com o Brasil

A empresa Portuguesa IT PEERS reuniu com a empresa Brasileira BXT – Business Xtreme Technologies durante o BITS Matchmaking Event, no Rio Grande do Sul, Brasil, co-organizado pelo IAPMEI, enquanto membro da Enterprise Europe Network.


Deste encontro surgiu um acordo de cooperação comercial: A empresa Portuguesa pretendia arranjar um distribuidor dos seus produtos no Brasil e a Brasileira BXT - Business Xtreme Technologies , enquanto revendedora,  passou a distribuir os produtos da empresa IT PEERS: Multipeers and Datapeers no Brasil, nomeadamente no estados de Santa Catarina, Paraná e Distrito Federal.


Testemunho:


"Existe uma grande oportunidade aqui e nós acreditamos plenamente que escolher o parceiro certo é crucial.”


Jorge Santos Silva, Chanel Manager da IT PEERS.


 

Através da Enterprise Europe Network, uma empresa de S. Brás de Alportel consegue acordo comercial com fabricante de melaço da Turquia

O membro da Enterprise Europe Network de Antália, Turquia, solicitou ajuda ao CCDR Algarve, enquanto membro da Enterprise Europe Network,  para encontrar fornecedores de alfarroba em Portugal para um dos seus clientes, fabricante de melaço onde a alfarroba entra como um dos principais componentes.

Nessa mesma altura, a CCDR Algarve participava num painel sobre internacionalização durante as I Jornadas Técnicas Fruteiras Tradicionais do Algarve, que se realizaram na NERA em Loulé, e aproveitou para divulgar o pedido aos vários produtores de alfarroba presentes.

Três empresas algarvias demonstraram interesse imediato. Mas, após troca de emails e envio de amostras do produto, o fabricante turco  selecionou uma empresa de S. Brás de Alportel em função da qualidade do produto e da capacidade de fornecimento de grandes quantidades de alfarroba. Atualmente, esta empresa prepara a expedição da sua primeira remessa.

 Testemunho:

"Agradecemos o papel importante da Enterprise Europe Network da CCDR Algarve nesta intermediação de sucesso. A venda da alfarroba só foi possível devido ao esforço do EEN na ajuda à nossa empresa, tendo sido realizado um trabalho de excelência em conjunto com os colegas de rede da Turquia. A cooperação entre as duas entidades da Enterprise Europe Network resultou na dinamização da economia local através da exportação de um produto regional algarvio."

Nuno Gonçalves, sócio-gerente da Nepa Trital Lda

 


A Enterprise Europe Network da CCDR Algarve apoia a estruturação do produto Turismo de Natureza

O Algarve não é só “sol & praia; Existe uma crescente oferta de turismo de natureza e turismo ativo relacionada com a sua extensa e belíssima costa e as suas áreas protegidas e rurais que é preciso melhorar e divulgar.

Foi com esta certeza que a Enterprise Europe Network da CCDR Algarve reuniu 70 empresas e organizações ligadas ao setor do eco-turismo no encontro empresarial que decorreu em Aljezur, em paralelo com a I Bienal de Turismo de Natureza 2014 (BTN 2014), iniciativa promovida pelas associações Vicentina, In Loco e Terras do Baixo Guadiana e que contou com o apoio da ATA e da RTA.

Além de ter proporcionado cerca de duzentas reuniões de negócio (B2B) previamente agendadas entre operadores turísticos nacionais e internacionais, unidades de alojamento rural, empresas de animação turística e organismos ligados a este produto turístico, o evento serviu também para as empresas regionais estabelecerem ou reforçarem parcerias duradouras entre si, com vista à estruturação do segmento de turismo de natureza no Algarve.

As palavras de apreço de Aura Fraga, vice-presidente da Vicentina, deixam antever a repetição desta iniciativa:

“No rescaldo da BTN, venho agradecer o empenho com que a Enterprise Europe Network organizou as reuniões B2B que decorreram durante a BTN’14 emprestando-lhe redobrado valor e contribuindo muito para o seu sucesso. Todos os expositores e empresas que participaram manifestaram apreciações muito positivas sobre a pertinência e organização destas reuniões. Consideramos ser uma prática a integrar e aprofundar em posteriores iniciativas.”

O feedback recolhido junto dos participantes do encontro empresarial confirma que 19 empresas já estabeleceram acordos de cooperação e que 31 preveem chegar a um compromisso desse tipo. O seu testemunho é o corolário do trabalho desenvolvido pela Enterprise Europe Network

Para primeiro ano de organização de BTN, penso que tenha sido uma boa oportunidade de desenvolvimento de contactos para todas as entidades (pequenas, grandes e médias) que desenvolvem actividade neste nicho de mercado que cada vez mais vem dando sinais de evolução (principalmente birdwatching, cicloturismo e walking-tours). De entre as entidades com que nos reunimos surgiram potencialidades de negocio ou sinergias com 11”. Manuel Silva Santos – Grupo Pestana – Pestana Hotels & Resorts | Pousadas de Portugal

“Aqui fica a minha nota de agradecimento e parabéns pelo sucesso da iniciativa, muito bem organizado, funcional, bem pensado. Pela minha parte, aproveitei ao máximo e penso que tirei partido de TODAS as reuniões”. Marta Cabral, Rota Vicentina

“Agradecemos desde já a toda a organização da BTN pelo sucesso da feira e das reuniões organizadas por vós, que estão a dar os seus frutos, pelo menos para a Algarve Selvagem”.  Vítor Pereira, Algarve Selvagem

 

 
     
IAPMEI - Parcerias para o Crescimento ACIF - Associação Comercial e Industrial do Funchal – Câmara de Comércio e Indústria da Madeira AEP - Câmara de Comércio e Indústria AIDA – Associação Industrial do Distrito de Aveiro AIMINHO – Associação Empresarial AIP – Associação Industrial Portuguesa ANI – Agência Nacional de Inovação CCDR Algarve – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve CCIPD – Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada CEC – Conselho Empresarial do Centro/Câmara de Comércio e Indústria do Centro INESC PORTO – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia I.P. UE - Comissão Europeia

EEN – PORTUGAL, 2015 – Todos os direitos reservados

Quem Somos | Fontes de Informação Europeia | Mapa do Site